A Bela Adormecida – solo da Princesa Aurora



Fit For a Princess

                                   Hyltin em Aurora’s Act I solo (foto de Paul Kolnik)



Oi Gente !

O Ato I o solo da princesa Aurora da “A Bela Adormecida” capta a exuberância juvenil da jovem princesa. Mas do ponto de vista técnico, seus quatro longos minutos tem múltiplas variações. New York  City Ballet  a bailarina principal Sterling Hyltin diz como dominar o estado de espirito e os tempos.

Fique calma

Na maioria das produções, o solo de Aurora acompanha o Rose Adagio – um dos momentos mais estressantes do ballet clássico. Não deixe que a ansiedade te domine . “É bom que o início da variação seja lento e controlado”, diz Hyltin. “Eu uso a primeira série de balanços em arabesco para me recompor. Você também pode canalizar a energia restante do Rose Adagio – ela pode ajudá-la a projetar o espírito e a energia jovem da Aurora. “

Torne-se  parte do palco

A variação é mais fácil de obter se você interagir com os outros dançarinos no palco. “Eu gosto de imaginar que estou socializando na minha festa de aniversário”, diz Hyltin. “Em teoria, o solo é sobre a Aurora, mas eu tento envolver os outros também. Você está cercado por pretendentes, e eles estão todos se divertindo, contando suas pequenas histórias. Identifique  cada um deles e use sua energia para mantê-los na sua história “.

Envolva-se na música

Criar uma ligação com a pontuação de Tchaikovsky é especialmente útil durante os arabescos de abertura. “Você pode brincar com a subida ou a descida de cada arabesco”, diz Hyltin. “Quando você está focada na sua perna, você pode alterar a expressão quando estiver na ponta. Quando as coisas não funcionam tão bem, você pode se divertir no tombé depois. “

Deixe a parte superior do corpo contar a história

Sem port de bras eficaz, a série saltos em pointe na diagonal pode ter a sensação de ser muito longo. “O trabalho com os pés são simples,  nesse momento você pode usar mais a parte superior do corpo,” Hyltin diz. “Tente gesticular para cada um de seus pretendentes, ou levantando um primeiro braço, em seguida, o outro braço e, finalmente, ambos a quinta. “Cada movimento deve ser elegante e régio. Você quer mostrar que a Aurora será uma rainha maravilhosa algum dia. “

Fique no topo do manège

A variação termina com um desafiante manège de rápidos coupés jetés e giros de piqué, uma expressão de alegria e energia desenfreadas – que pode se sentir como um choque após o ritmo vagaroso das seções precedentes. “Não fique atrás da música!”, Diz Hyltin. “É difícil, porque você está exausto, mas se você está tentando pegar a última seqüência de piqué, você ficará muito tonto. Tente ficar um pouco à frente da batida nos coupés jetés. “E quando você terminar, respire fundo. “Depois deste solo, você via ter a sensação de ter terminando a apresentação”, diz Hyltin, rindo. “Algumas das partes mais difíceis estão bem na frente,  relaxe e aproveite. “


Fonte: http://pointemagazine.com

Instagram: moda_ballet

Whatsapp ou Telegram: (11) 9.4555.8441

Tel.: (11) 3530.3024

Loja física: Rua Paulo Eiró, 156 – Centro de Ofertas – Santo Amaro – São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s